Atlas de Anatomia do Corpo Humano - Central

O atlas do corpo humano

Papilas Gustativas
Papilas Gustativas

Pequenos órgãos sensoriais que contêm células receptoras gustatórias, células basais e células de sustentação. Em humanos, as papilas gustativas estão localizadas no epitélio da língua, palato e faringe. São inervadas pelo NERVO DA CORDA DO TÍMPANO (um ramo do nervo facial) e pelo NERVO GLOSSOFARÍNGEO.

Neurônios Receptores Olfatórios
Neurônios Receptores Olfatórios

Neurônios localizados no epitélio olfatório contendo proteínas (RECEPTORES ODORANTES) que se ligam à substâncias odoríferas detectando então os odores. Esses neurônios enviam seus DENTRITOS para a superfície do epitélio com seus neurônios receptores olfatórios localizados nos cílios apicais imóveis. Seus AXÔNIOS não mielinizados fazem sinapse no BULBO OLFATÓRIO no CÉREBRO. DF Receptores Odorantes;

Barreira Hematoneural
Barreira Hematoneural

Barreira entre o perineuro (dos NERVOS PERIFÉRICOS) e o ENDOTÉLIO VASCULAR (dos CAPILARES endoneurais). O perineuro atua como barreira à difusão; entretanto, nesta barreira há maior permeabilidade a íons que na BARREIRA HEMATOENCEFÁLICA. Permeabilidade Capilar;

Gânglios Autônomos
Gânglios Autônomos

Grupamentos de neurônios e seus processos localizados no sistema nervoso autônomo. Nos gânglios autonômicos, as fibras pré-ganglionares vindas do sistema nervoso central fazem sinapse com os neurônios cujos axônios são as fibras pós-ganglionares inervando os órgãos alvos. Os gânglios também contêm neurônios intrínsecos e células de suporte, e fibras pré-ganglionares que passam através de outros gânglios.

Gânglios Simpáticos
Gânglios Simpáticos

Gânglios do sistema nervoso simpático, incluindo os gânglios paravertebrais e pré-vertebrais. Entre estes estão a cadeia de gânglios simpáticos, os gânglios cervical superior, médio e inferior, os gânglios aórtico-renal, celíaco e estrelado.

Gânglios Parassimpáticos
Gânglios Parassimpáticos

Gânglios do sistema nervoso parassimpático, incluindo os gânglios ciliar, pterigopalatino, submandibular e ótico na região do crânio e os gânglios intrínsecos (terminais) associados com os órgãos alvos no tórax e abdome.

Gânglios Sensitivos
Gânglios Sensitivos

Grupamentos de neurônios do sistema nervoso periférico somático que contêm os corpos celulares dos axônios dos nervos sensitivos. Gânglios sensoriais podem também apresentar interneurônios intrínsecos e células não neuronais de suporte.

Gânglio Trigêmeo
Gânglio Trigêmeo

Gânglio em formato de meia-lua contendo as células de origem da maioria das fibras sensitivas do nervo trigêmeo. Está situado no cavo trigeminal na superfície cerebral da parte petrosa do osso temporal e origina os nervos oftálmico, maxilar e parte do nervo maxilar.

Bainha de Mielina
Bainha de Mielina

Bainha, rica em lipídeos, que reveste os AXÔNIOS, tanto no sistema nervoso central como no periférico. É um isolante elétrico que permite a condução dos impulsos de modo mais rápido e energeticamente mais eficiente. É formada pelas membranas de células da glia (CÉLULAS DE SCHWANN no sistema nervoso periférico e OLIGODENDROGLIA no sistema nervoso central). A deterioração desta bainha nas DOENÇAS DESMIELINIZANTES é um sério problema clínico.

Células de Schwann
Células de Schwann

Células da neuroglia do sistema nervoso periférico as quais formam as bainhas isolantes de mielina dos axônios periféricos.

Nós Neurofibrosos
Nós Neurofibrosos

Intervalos regularmente espaçados encontrados nas bainhas de mielina dos axônios periféricos. Os nódulos de Ranvier permitem a condução saltatória, ou seja, saltos realizados pelos impulsos de um nódulo à outro, a qual se apresnta como uma condução mais rápida e mais energicamente favorável que a condução contínua.

Fotorreceptores
Fotorreceptores

Células especializadas em detectar e transducir luz.

Bastonetes (Retina)
Bastonetes (Retina)

Um dos dois tipos de células fotorreceptoras da retina de vertebrados. Nos bastonetes o fotopigmento está organizado em pilhas de discos membranosos separados da membrana celular externa. Os bastonetes são mais sensíveis à luz do que os cones, mas a visão mediada pelos bastonetes tem menor resolução temporal e espacial que a visão mediada pelos cones.

Sistema Nervoso Periférico
Sistema Nervoso Periférico

Sistema nervoso localizado fora do cérebro e medula espinhal. O sistema nervoso periférico compreende as divisões somática e autônoma. O sistema nervoso autônomo inclui as subdivisões entérica, parassimpática e simpática. O sistema nervoso somático inclui os nervos cranianos e espinhais e seus gânglios e receptores sensitivos periféricos. Vias Neurais;

Junção Neuroefetora
Junção Neuroefetora

A sinapse entre um neurônio (pré-sináptico) e uma célula efetora aoinvés de um outro neurônio (pós-sináptico). As junções neuroefetoras incluem as sinapses dos músculos e das células secretórias.

Junção Neuromuscular
Junção Neuromuscular

A sinapse entre um neurônio e um músculo.

Corpúsculos de Pacini
Corpúsculos de Pacini

Mecanorreceptores de adaptação rápida localizados no tecido subcutâneo abaixo tanto da pele com como sem pêlos. Os corpúsculos de Pacini contêm uma fibra nervosa aferente envolvida por uma cápsula com camadas concêntricas múltiplas. Apresentam campos receptores e são mais sensíveis à estímulos de alta freqüência, como a vibração.

Células de Merkel
Células de Merkel

Células epidérmicas modificadas presentes no extrato basal. Encontradas principalmente em áreas onde a percepção sensorial é aguda (como na ponta dos dedos). Estão intimamente associadas com a dilatação de um bulbo terminal de uma fibra nervosa aferente mielinizada. Diferentes do corpúsculo de Merkel (combinação de um neurônio e uma célula epidérmica). Carcinoma de Célula de Merkel;

Nociceptores
Nociceptores

Receptores periféricos de dor. Os nociceptores incluem receptores sensíveis à estímulos mecânicos dolorosos, calor ou frio extremos e estímulos químicos. Nenhum nociceptor apresenta terminações nervosas.

Corpo Carotídeo
Corpo Carotídeo

Pequeno grupamento de quimiorreceptores e células de suporte localizado na bifurcação da artéria carótida interna. O corpo carotídeo, ricamente suprido com capilares fenestrados, é sensível ao pH e às concentrações de dióxido de carbono e oxigênio no sangue, e desempenha um papel crucial no controle homeostático destas substâncias.

Acesse também pelo celular ou tablet.
Plataforma HiDoctor 2017 Centralx - Todos os direitos reservados.
Favoritos
Anotações
Minhas edições
Sugestões
Enviar