Atlas de Anatomia do Corpo Humano - Central

O atlas do corpo humano

Orelha Interna
Orelha Interna

Parte essencial do órgão auditivo que consiste em dois compartimentos labirínticos

Cóclea
Cóclea

Parte da orelha interna (LABIRINTO) envolvida com a audição. Forma a parte anterior do labirinto (estrutura semelhante a um caracol) localizada anteriormente (quase horizontalmente) ao VESTÍBULO DO LABIRINTO.

Janela da Cóclea
Janela da Cóclea

Janela da cóclea, uma abertura na parede basal, entre a ORELHA MÉDIA e ORELHA INTERNA, levando à cóclea. É fechada por uma membrana timpânica secundária.

Ducto Coclear
Ducto Coclear

Tubo espiral que está firmemente suspenso na parte óssea da cóclea, em forma de concha. Este ducto coclear preenchido por ENDOLINFA começa no vestíbulo e faz 2,5 voltas em torno de um núcleo de osso esponjoso (modíolo) dividindo assim o canal espiral preenchido por PERILINFA em dois canais, RAMPA DO VESTÍBULO e RAMPA DO TÍMPANO.

Membrana Tectorial
Membrana Tectorial

Uma membrana, fixada à LÂMINA ESPIRAL óssea, sobreposta e acoplada com as células ciliadas do ÓRGÃO DE CORTI na orelha interna. É uma camada rica em glicoproteínas, semelhante a queratina, contendo fibrilas inseridas em uma densa substância amorfa.

Membrana Basilar
Membrana Basilar

Membrana basal na cóclea que sustenta as células ciliadas do ÓRGÃO DE CORTI, consistindo em fibrilas semelhantes à queratina. Estende-se da LÂMINA ESPIRAL à crista basilar. O movimento de líquido na cóclea, induzido pelo som, provoca deslocamento da membrana basilar e subseqüente estimulação das células ciliadas anexas, que transformam o sinal mecânico em atividade neural.

Canais Semicirculares
Canais Semicirculares

Três canais longos (anterior, posterior e lateral) do labirinto ósseo. Estão posicionados entre si em ângulos retos e situam-se superior e posteriormente ao vestíbulo do labirinto ósseo (LABIRINTO VESTIBULAR). Os canais semicirculares possuem cinco aberturas no vestíbulo com uma destas compartilhadas pelos canais anterior e posterior. Dentro dos canais estão os DUCTOS SEMICIRCULARES.

Ductos Semicirculares
Ductos Semicirculares

Três ductos semicirculares membranosos dentro dos canais semicirculares ósseos. Abrem-se no UTRÍCULO através de cinco aberturas. Cada ducto tem em uma extremidade uma área sensorial chamada crista ampular (ou da ampola). As CÉLULAS CILIADAS DA AMPOLA nas cristas detectam o movimento da ENDOLINFA que resulta da rotação da cabeça.

Vestíbulo do Labirinto
Vestíbulo do Labirinto

Câmara óssea (oval) da orelha interna, parte do labirinto ósseo. Continua-se anteriormente com a CÓCLEA óssea e posteriormente com os CANAIS SEMICIRCULARES. O vestíbulo contém dois sacos intercomunicantes (utrículo e sáculo) do aparelho de equilíbrio. A janela oval (na parede lateral) é ocupada pela base do ESTRIBO da ORELHA MÉDIA.

Janela do Vestíbulo
Janela do Vestíbulo

Janela ou abertura oval na parede lateral do vestíbulo do labirinto, adjacente a ORELHA MÉDIA. Está localizada acima da janela redonda coclear e normalmente recoberta pela base do ESTRIBO.

Ducto Endolinfático
Ducto Endolinfático

Parte do labirinto membranoso que atravessa o aqueduto vestibular ósseo e emerge através do osso da FOSSA CRANIANA POSTERIOR, onde se expande em uma bolsa cega chamada saco endolinfático.

Acesse também pelo celular ou tablet.
Plataforma HiDoctor 2018 Centralx - Todos os direitos reservados.
Favoritos
Anotações
Minhas edições
Sugestões
Enviar