Atlas de Anatomia do Corpo Humano - Central

O atlas do corpo humano

Orelha
Orelha

Sistema auditivo e de equilíbrio do corpo. Consiste em três partes

Olho
Olho

Pálpebras
Pálpebras

Pestanas
Pestanas

Pêlos que se projetam a partir das extremidades das pálpebras.

Nariz
Nariz

Estrutura especializada que funciona como um órgão do sentido do olfato e que também pertence ao sistema respiratório; o termo inclui tanto o nariz externo como a cavidade nasal.

Cartilagem da Orelha
Cartilagem da Orelha

Cartilagem do PAVILHÃO AURICULAR e CANAL AUDITIVO EXTERNO.

Estapédio
Estapédio

Músculo minúsculo que surge na parede posterior da CAVIDADE TIMPÂNICA na ORELHA MÉDIA, com seu tendão inserido no colo do ESTRIBO. O estapédio puxa o estribo posteriormente e controla seu movimento.

Músculos Oculomotores
Músculos Oculomotores

Músculos que movem os olhos. Fazem parte deste grupo os músculos

Tensor de Tímpano
Tensor de Tímpano

Músculo curto que surge do tuba faringotimpânica (TUBA AUDITIVA) e se insere no cabo do MARTELO. Este músculo puxa o cabo medialmente, controlando assim a tensão e o movimento da MEMBANA TIMPÂNICA.

Papilas Gustativas
Papilas Gustativas

Pequenos órgãos sensoriais que contêm células receptoras gustatórias, células basais e células de sustentação. Em humanos, as papilas gustativas estão localizadas no epitélio da língua, palato e faringe. São inervadas pelo NERVO DA CORDA DO TÍMPANO (um ramo do nervo facial) e pelo NERVO GLOSSOFARÍNGEO.

Mucosa Olfatória
Mucosa Olfatória

Porção da mucosa nasal (com as terminações nervosas sensitivas do OLFATO), localizada na cúpula de cada CAVIDADE NASAL. O epitélio olfatório (castanho amarelado) é constituído por NEURÔNIOS RECEPTORES OLFATÓRIOS, células em escova (brush cells), CÉLULAS-TRONCO e glândulas olfatórias associadas. Órgão Vomeronasal;

Neurônios Receptores Olfatórios
Neurônios Receptores Olfatórios

Neurônios localizados no epitélio olfatório contendo proteínas (RECEPTORES ODORANTES) que se ligam à substâncias odoríferas detectando então os odores. Esses neurônios enviam seus DENTRITOS para a superfície do epitélio com seus neurônios receptores olfatórios localizados nos cílios apicais imóveis. Seus AXÔNIOS não mielinizados fazem sinapse no BULBO OLFATÓRIO no CÉREBRO. DF Receptores Odorantes;

Órgão Vomeronasal
Órgão Vomeronasal

Uma parte especializada do sistema ofatório localizada na parte anterior do septo nasal na cavidade nasal. Células quimiosensitivas do órgão vomeronasal projetam fibras para o bulbo olfatório acessório através do nervo vomeronasal. A função primária deste órgão parece estar relacionada à sensibilidade dos feromônios que regulam o comportamento reprodutivo e outros comportamentos sociais. Enquanto pensava-se que esta estrutura permanecia ausente em primatas superiores adultos, dados recentes sugerem sua presença em humanos adultos.

Células Amácrinas
Células Amácrinas

INTERNEURÔNIOS da RETINA dos vertebrados. Integram, modulam e colocam um domínio temporal na mensagem visual apresentada às CÉLULAS DO GÂNGLIO RETINIANO, com as quais fazem sinapse na camada interna plexiforme.

Células Bipolares da Retina
Células Bipolares da Retina

INTERNEURÔNIOS da RETINA de vertebrados, contendo dois processos. Recebem aferências dos FOTORRECEPTORES DE VERTEBRADOS e enviam eferências às CÉLULAS DO GÂNGLIO RETINIANO. As células bipolares também fazem conexões laterais (na retina) com as CÉLULAS HORIZONTAIS DA RETINA e com as CÉLULAS AMÁCRINAS.

Fotorreceptores
Fotorreceptores

Células especializadas em detectar e transducir luz.

Bastonetes (Retina)
Bastonetes (Retina)

Um dos dois tipos de células fotorreceptoras da retina de vertebrados. Nos bastonetes o fotopigmento está organizado em pilhas de discos membranosos separados da membrana celular externa. Os bastonetes são mais sensíveis à luz do que os cones, mas a visão mediada pelos bastonetes tem menor resolução temporal e espacial que a visão mediada pelos cones.

Glomo Timpânico
Glomo Timpânico

Um corpo ovóide altamente vascularizado de tecido quimiorreceptor adjacente à CAVIDADE TIMPÂNICA. Deriva do tecido da CRISTA NEURAL e é considerado parte do sistema neuroendócrino difuso. É o local de uma rara neoplasia chamada TUMOR DE GLOMO TIMPÂNICO

Disco Óptico
Disco Óptico

Porção do nervo óptico vista no fundo de olho com a utilização do oftalmoscópio. É formado pelo encontro de todos os axônios das células ganglionares da retina assim que penetram no nervo óptico.

Orelha Externa
Orelha Externa

Parte externa do sistema auditivo do corpo. Inclui o PAVILHÃO AURICULAR (semelhante a uma concha), que coleta o som, MEATO ACÚSTICO EXTERNO, MEMBRANA TIMPÂNICA, e as CARTILAGENS DA ORELHA EXTERNA.

Acesse também pelo celular ou tablet.
Plataforma HiDoctor 2017 Centralx - Todos os direitos reservados.
Favoritos
Anotações
Minhas edições
Sugestões
Enviar