Atlas de Anatomia do Corpo Humano - Central

O atlas do corpo humano

Miofibrilas
Miofibrilas

Feixes altamente organizados de actina (ACTINAS), MIOSINAS e outras proteínas encontradas no citoplasma de células musculares (esqueléticas e cardíacas), que se contraem devido a um mecanismo de filamentos deslizantes.

Retículo Sarcoplasmático
Retículo Sarcoplasmático

Rede de túbulos e cisternas localizada no citoplasma de músculos esqueléticos. Participam na contração e no relaxamento dos músculos através da liberação e armazenamento de íons cálcio.

Acrossomo
Acrossomo

Estrutura em forma de capuz, que recobre a parte anterior da CABEÇA DO ESPERMATOZÓIDE. O acrossomo (derivado dos LISOSSOMOS) é uma organela ligada à membrana e contém enzimas (hidrolíticas e proteolíticas) necessárias à penetração do espermatozóide no ovo durante a FERTILIZAÇÃO. Reação Acrossômica;

Neurofibrilas
Neurofibrilas

Filamentos delicados, entrelaçados, formados por agregações de neurofilamentos e neurotúbulos, dispostos pelo citoplasma do corpo de um neurônio e que se extendem entre dendritos ou para em direção ao axônio.

Emaranhados Neurofibrilares
Emaranhados Neurofibrilares

Estruturas anormais (localizadas em várias partes do cérebro) compostas por arranjos densos de filamentos helicoidais pareados (neurofilamentos e microtúbulos). Estes empilhamentos helicoidais (duplas hélices) de subunidades transversas, apresentam-se em filamentos (semelhantes a fitas retorcidas para a esquerda) que provavelmente incorporam as seguintes proteínas

Corpos de Nissl
Corpos de Nissl

Estruturas subcelulares encontradas nos corpos celulares de neurônios e DENDRITOS. Constituídos pelo retículo endoplasmático granular (RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO RUGOSO) e pelos RIBOSSOMOS.

Cromossomos
Cromossomos

Estrutura encontrada em uma célula procariótica ou no núcleo de uma célula eucariótica que consiste de ou contém DNA que carrega a informação genética essencial para a célula.

Microfilamentos
Microfilamentos

O menores filamentos do citoesqueleto. São compostos principalmente de actina.

Microtúbulos
Microtúbulos

Filamentos cilíndricos e delgados encontrados no citoesqueleto de células animais e vegetais. São compostos da proteína TUBULINA e são influenciados pelos MODULADORES DE TUBULINA. Moduladores de Tubulina;

Axonema
Axonema

Feixe de MICROTÚBULOS e PROTEÍNAS ASSOCIADAS AOS MICROTÚBULOS que formam o núcleo de cada CÍLIO ou FLAGELO. Na maioria dos cílios ou flagelos eucarióticos, uma haste do axonema tem 20 microtúbulos arranjados em nove pares e dois singletos.

Tilacóides
Tilacóides

Cisternas membranosas do CLOROPLASTO que contêm os pigmentos fotosintéticos, os centros de reação e a cadeia de transporte de elétrons. Cada tilacóide consiste de um saco achatado de membrana encerrando um estreito espaço intra-tilacóide (Tradução livre do original Complexo de Proteína do Fotossistema I; Complexo de Proteína do Fotossistema II;

Mitocôndrias
Mitocôndrias

Organelas semi-autônomas que se auto-reproduzem, encontradas na maioria do citoplasma de todas as células, mas não de todos os eucariotos. Cada mitocôndria é envolvida por uma membrana dupla limitante. A membrana interna é altamente invaginada e suas projeções são denominadas cristas. As mitocôndrias são os locais das reações de fosforilação oxidativa, que resultam na formação de ATP. Elas contêm RIBOSSOMOS característicos, RNA DE TRANSFERÊNCIA, AMINOACIL-T RNA SINTASES e fatores de alongação e terminação. A mitocôndria depende dos genes contidos no núcleo das células no qual se encontram muitos RNAs mensageiros essenciais (RNA MENSAGEIRO). Acredita-se que a mitocôndria tenha se originado a partir de bactérias aeróbicas que estabeleceram uma relação simbiótica com os protoeucariotos primitivos. (Tradução livre do original

Aparelho de Golgi
Aparelho de Golgi

Uma pilha de vesículas achatadas que funcionam no processo pós-traducional e escolha de proteínas, recebendo-as do RETÍCULO ENDOPLÁSMICO rugoso e dirigindo-as para vesículas secretórias, LISOSSOMOS ou MEMBRANA CELULAR. O movimento das proteínas ocorre pela transferência de vesículas que brotam do retículo endoplasmático rugoso ou aparelho de Golgi e se fundem com o Golgi, com os lisossomos ou com a membrana celular.

Fagossomo
Fagossomo

Vesículas citoplasmáticas limitadas por membrana formadas pela invaginação de material fagocitado. Estas vesículas se fundem com os lisossomos para formar os fagolisossomos, nos quais as enzimas hidrolíticas do lisossomo digerem o material fagocitado.

Endossomos
Endossomos

Vesículas citoplasmáticas formadas quando as VESÍCULAS COBERTAS perdem seu revestimento de CLATRINA. Os endossomos internalizam macromoléculas ligadas por receptores na superfície celular.

Cromátides
Cromátides

Cada um dos dois filamentos longitudinalmente adjacentes formados quando um cromossomo eucariótico se replica anteriormente à mitose. As cromátides permanecem unidas no centrômero. Cromátides irmãs são derivadas do mesmo cromossomo.

Cromatina
Cromatina

O material dos CROMOSSOMOS. É um complexo de DNA, HISTONAS e proteínas não histonas (PROTEÍNAS CROMOSSÔMICAS NÃO-HISTONA) encontradas dentro do núcleo da célula.

Eucromatina
Eucromatina

Regiões cromossômicas que são imprecisamente empacotadas e mais acessíveis a RNA polimerases que HETEROCROMATINA. Estas regiões também colorem de forma diferenciada em preparações de BANDEAMENTO CROMOSSÔMICO

Acesse também pelo celular ou tablet.
Plataforma HiDoctor 2017 Centralx - Todos os direitos reservados.
Favoritos
Anotações
Minhas edições
Sugestões
Enviar