Atlas de Anatomia do Corpo Humano - Central

O atlas do corpo humano

Esfíncter Esofágico Superior
Esfíncter Esofágico Superior

Estrutura encontrada na junção faringoesofágica, constituída principalmente pelo músculo cricofaríngeo. Normalmente oclui a luz do ESÔFAGO, exceto durante a deglutição.

Esfíncter Esofágico Inferior
Esfíncter Esofágico Inferior

Barreira fisiológica ou funcional contra o REFLUXO GASTROESOFÁGICO, na junção esofagogástrica. Os músculos esfincterianos permanecem tonicamente contraídos durante o repouso e formam a zona de alta pressão, que separa os lumens do ESÔFAGO e do ESTÔMAGO.

Ampola Hepatopancreática
Ampola Hepatopancreática

Dilatação da papila duodenal que é a abertura da junção do DUCTO BILIAR COMUM e o DUCTO PANCREÁTICO PRINCIPAL, também conhecida por ampola de Vater.

Esfíncter da Ampola Hepatopancreática
Esfíncter da Ampola Hepatopancreática

Esfíncter da ampola hepatopancreática dentro da papila duodenal. O DUCTO COLÉDOCO e o ducto pancreático principal passam através deste esfíncter.

Duodeno
Duodeno

É a menor porção (e a mais larga) do INTESTINO DELGADO, adjacente ao PILORO do ESTÔMAGO. Seu nome é devido ao fato de seu comprimento ser igual à largura aproximada de 12 dedos.

Trato Gastrointestinal Superior
Trato Gastrointestinal Superior

O segmento do TRATO GASTROINTESTINAL que inclui o ESÔFAGO, o ESTÔMAGO e o DUODENO.

Estômago
Estômago

Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.

Junção Esofagogástrica
Junção Esofagogástrica

Área, no cárdia, desde a porção terminal do ESÔFAGO até o começo do ESTÔMAGO.

Células Parietais Gástricas
Células Parietais Gástricas

Células arredondadas ou piramidais das GLÂNDULAS GÁSTRICAS. Secretam ÁCIDO CLORÍDRICO e produzem o fator íntrinseco gástrico, uma glicoprotéina que se liga à VITAMINA B12. Ácido Gástrico; Fator Intrinseco;

Celulas Principais Gástricas
Celulas Principais Gástricas

Células epiteliais que revestem a metade basal das GLÂNDULAS GÁSTRICAS. As células principais sintetizam e exportam uma enzima inativa, o PEPSINOGÊNIO, que é convertido na potente enzima proteolítica, PEPSINA, no meio ácido do ESTÔMAGO.

Células Enterocromafins
Células Enterocromafins

Subtipo de células enteroendócrinas, encontradas na mucosa gastrintestinal, particularmente nas glândulas do ANTRO PILÓRICO, DUODENO e ÍLEO. Estas células secretam principalmente SEROTONINA e alguns neuropeptídeos. Seus grânulos secretores coram-se rapidamente com prata (coloração argentafin). Celulas Tipo Enterocromafim;

Fundo Gástrico
Fundo Gástrico

Porção superior do corpo do estômago acima do nível da região cárdica.

Coto Gástrico
Coto Gástrico

Porção remanescente do estômago após cirurgia gástrica, usualmente gastrectomia ou gastroenterostomia devido à câncer do estômago ou úlcera péptica. É uma região vulnerável à câncer referido como câncer do coto ou carcinoma do coto gástrico.

Cárdia
Cárdia

Parte do ESTÔMAGO próximo à desembocadura do ESÔFAGO no estômago (óstio cárdico), a JUNÇÃO ESOFAGOGÁSTRICA. O cárdia é assim chamado devido a sua proximidade com o CORAÇÃO. O cárdia é caracterizado pela ausência de células produtoras de ácido (CÉLULAS PARIETAIS GÁSTRICAS).

Antro Pilórico
Antro Pilórico

Região entre a curvatura acentuada no terço inferior do ESTÔMAGO (incisão angular) e a junção do PILORO com o DUODENO. As glândulas do antro pilórico contêm células que secretam muco e células endócrinas secretoras de gastrina (CÉLULAS G).

Piloro
Piloro

Região do ESTÔMAGO (na junção com o DUODENO) caracterizada pelo espessamento das camadas musculares circulares do esfíncter pilórico, que controla a abertura e fechamento do lúmen. Esvaziamento Gástrico;

Esôfago
Esôfago

Segmento muscular membranoso (entre a FARINGE e o ESTÔMAGO), no TRATO GASTRINTESTINAL SUPERIOR.

Acesse também pelo celular ou tablet.
Plataforma HiDoctor 2020 Centralx - Todos os direitos reservados.
Favoritos
Favoritos
Anotações
Anotações
Minhas edições
Minhas edições
Sugestões
Enviar