Atlas de Anatomia do Corpo Humano - Central

O atlas do corpo humano

Peritônio
Peritônio

Membrana de CÉLULAS EPITELIAIS escamosas (células mesoteliais), revestidas pelas MICROVILOSIDADES apicais, que permitem rápida absorção (de líquidos e partículas) na CAVIDADE PERITONEAL. O peritônio é dividido nos componentes parietal e visceral. O peritônio parietal reveste o interior da PAREDE ABDOMINAL e o visceral reveste os órgãos intraperitoneais. Uma camada peritoneal dupla forma o MESENTÉRIO, que mantém estes órgãos separados (suspend) da parede abdominal.

Glândulas Mamárias Humanas
Glândulas Mamárias Humanas

O tecido glandular na MAMA humana que está sob a influência de hormônios tais como os ESTRÓGENOS, PROGESTINAS e PROLACTINA. Em MULHERES, depois do PARTO, as glândulas mamárias secretam leite (LEITE HUMANO) para alimentação do recém-nascido.

Cartilagem
Cartilagem

Forma não vascularizada de tecido conjuntivo composta de CONDRÓCITOS inseridos numa matriz de COLÁGENO tipo II e SULFATOS DE CONDROITINA. É dividida em três tipos

Cartilagem Elástica
Cartilagem Elástica

Tipo de CARTILAGEM cuja matriz contém FIBRAS ELÁSTICAS e lamelas elásticas, além dos componentes normais da matriz da CARTILAGEM HIALINA. A cartilagem elástica é encontrada na ORELHA EXTERNA, TUBA DE EUSTAQUIO, EPIGLOTE; e LARINGE.

Fibrocartilagem
Fibrocartilagem

Tipo de CARTILAGEM cuja matriz contém grandes feixes de COLÁGENO TIPO I. A fibrocartilagem é tipicamente encontrada no DISCO INTERVERTEBRAL, SÍNFISE PÚBICA, MENISCO TIBIAL e nos discos articulares das ARTICULAÇÕES sinoviais. (Tradução livre do original

Cartilagem Hialina
Cartilagem Hialina

Tipo de CARTILAGEM (encontrada na CARTILAGEM ARTICULAR, na CARTILAGEM DA LARINGE e no SEPTO NASAL) caracterizada por uma matriz amorfa homogênea, contendo principalmente COLÁGENO TIPO II e substância fundamental.

Músculos
Músculos

Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.

Músculo Esquelético
Músculo Esquelético

Subtipo de músculo estriado fixado por TENDÕES ao ESQUELETO. Os músculos esqueléticos são inervados e seu movimento pode ser conscientemente controlado. Também são chamados de músculos voluntários.

Retículo Sarcoplasmático
Retículo Sarcoplasmático

Rede de túbulos e cisternas localizada no citoplasma de músculos esqueléticos. Participam na contração e no relaxamento dos músculos através da liberação e armazenamento de íons cálcio.

Músculo Liso
Músculo Liso

Um dos músculos dos órgãos internos, vasos sanguíneos, folículos pilosos etc.; os elementos contráteis são alongados, em geral células fusiformes com núcleos de localização central e comprimento de 20 a 200 mü-m, ou ainda maior no útero grávido; embora faltem as estrias traversas, ocorrem miofibrilas espessas e delgadas; encontram-se fibras musculares lisas juntamente com camadas ou feixes de fibras reticulares e, freqüentemente, também são abundantes os ninhos de fibras elásticas. (Stedman, 25ª ed)

Miocárdio
Miocárdio

Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sangüíneo.

Músculos Papilares
Músculos Papilares

Projeções musculares cônicas que estão implantados nas paredes dos ventrículos cardíacos. Ligam-se às cúspides das válvulas atrioventriculares através das cordas tendíneas.

Osso e Ossos
Osso e Ossos

TECIDO CONJUNTIVO especializado, principal constituinte do ESQUELETO. O componente celular básico (principle) do osso é constituído por OSTEOBLASTOS, OSTEÓCITOS e OSTEOCLASTOS, enquanto COLÁGENOS FIBRILARES e cristais de hidroxiapatita formam a MATRIZ ÓSSEA.

Mucosa Intestinal
Mucosa Intestinal

Revestimento dos INTESTINOS, consistindo em um EPITÉLIO interior, uma LÂMINA PRÓPRIA média, e uma MUSCULARIS MUCOSAE exterior. No INTESTINO DELGADO, a mucosa é caracterizada por várias dobras e muitas células absortivas (ENTERÓCITOS) com MICROVILOSIDADES.

Células Caliciformes
Células Caliciformes

Célula epitelial glandular ou glândula unicelular. Células caliciformes secretam o MUCO. Estão espalhadas no revestimento de vários órgãos, especialmente o INTESTINO DELGADO e o TRATO RESPIRATÓRIO.

Glândulas Salivares
Glândulas Salivares

Glândulas que secretam SALIVA na bôca. Há três pares de glândulas salivares (GLÂNDULA PARÓTIDA, GLÂNDULA SUBLINGUAL e a GLÂNDULA SUBMANDIBULAR).

Células Enterocromafins
Células Enterocromafins

Subtipo de células enteroendócrinas, encontradas na mucosa gastrintestinal, particularmente nas glândulas do ANTRO PILÓRICO, DUODENO e ÍLEO. Estas células secretam principalmente SEROTONINA e alguns neuropeptídeos. Seus grânulos secretores coram-se rapidamente com prata (coloração argentafin). Celulas Tipo Enterocromafim;

Mucosa Olfatória
Mucosa Olfatória

Porção da mucosa nasal (com as terminações nervosas sensitivas do OLFATO), localizada na cúpula de cada CAVIDADE NASAL. O epitélio olfatório (castanho amarelado) é constituído por NEURÔNIOS RECEPTORES OLFATÓRIOS, células em escova (brush cells), CÉLULAS-TRONCO e glândulas olfatórias associadas. Órgão Vomeronasal;

Tonsila Palatina
Tonsila Palatina

Massa (redonda-ovalada) de tecido linfóide, inserida na parede lateral da FARINGE, em cada lado das fauces, entre os pilares (anterior e posterior) do PALATO MOLE.

Pleura
Pleura

Membrana serosa delgada, que envolve os pulmões (PULMÃO) e reveste a CAVIDADE TORÁCICA. A pleura é composta de duas camadas, a pleura visceral interna (situada próximo ao parênquima pulmonar) e a pleura parietal externa. Entre as duas camadas está a CAVIDADE PLEURAL, que contém uma fina camada de líquido.

Acesse também pelo celular ou tablet.
Plataforma HiDoctor 2014 Centralx - Todos os direitos reservados.
Favoritos
Anotações
Minhas edições